G7 chega a acordo histórico para reformar o sistema tributário global

Os ministros das finanças do G7 se comprometeram com uma meta de imposto mínimo global para grandes empresas de “pelo menos 15%”.

O acordo divulgado neste sábado (5) em Londres foi descrito como “histórico” pelo ministro britânico das Finanças, Rishi Sunak, que presidiu a reunião. 

O compromisso dos sete Estados (Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Japão, Estados Unidos e Canadá) por uma reforma tributária global “adaptada à era digital”, como descreve Sunak, representa um importante impulso para a reunião do G20 que será realizada em julho, em Veneza, onde se espera um acordo formal sobre o assunto. 

O texto final do comunicado obtido pela AFP também menciona o compromisso com uma melhor distribuição dos direitos de tributar os lucros das grandes multinacionais, principalmente as digitais e americanas. É o chamado segundo “pilar” da reforma proposta pela OCDE e que inclui cerca de 140 países. * Informações AFP

Categorias:Economia, Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.